terça-feira, 2 de setembro de 2014

Da próxima vez, você lembrará.



Alguma vez você já entrou em um quarto e encontrou um vampiro?
Não,não o tipo sexy de Hollywood, que se apaixona e brilha como uma fada.
Mas sim, uma criatura perversa, com braços e pernas ossudos e pele apodrecida?
O tipo que te encara, conforme entra, como uma fera selvagem, encarando uma presa.
O tipo que te atrai para o lugar escuro onde ele está, com profundos e hipnóticos olhos, te deixando incapaz de correr, enquanto você testemunha, apavorado, ele se soltar da escuridão que se encontra, e caminhar até você, indefeso, com o coração acelerado mas com as pernas travadas?
Você já sentiu o tempo diminuir à sua volta, enquanto a criatura atravessa a escuridão do quarto, na velocidade de um piscar de olhos ?
Alguma vez você já tremeu de medo, quando lhe tocam com uma longa e afiada garra na testa e outra no queixo, assim, virando sua cabeça de lado, para dar uma boa olhada no seu pescoço?
Já sentiu o arrepiar e o nojo, dele escorrendo sua língua comprida e pegajosa, nas suas bochechas, na sua boca e na garganta?
Já pôde sentir, o hálito quente dele,liberado como um sussurro, contra sua pele? Enquanto ele enfia lentamente, a ponta da língua, no seu ouvido, ficando assim por uns segundos, como se estivesse saboreando seu medo?
Você alguma vez já sentiu às trevas à mente, como se tudo que você pudesse ver e sentir, fosse sugado da sua cabeça, conforme você percebe, que nem todos os vampiros se alimentam de sangue, mas alguns, de memórias?
E então, já?
Provavelmente não, né?
Deixe-me reformular a pergunta: 

Alguma vez você entrou num quarto, e de repente, esqueceu completamente o que foi fazer lá?


 

1 comentários:

mario fernando disse...

Foda louco esse bang.
Eu devo ter sido atacado muitas vezes ahha